top of page
  • Foto do escritorAgemiw

A população quilombola poderá ser identificada!

Nos dias 4 a 6 de abril de 2013 foi realizada a Consulta Quilombolas do Brasil que aconteceu em João Pessoa na sede da Missão Juvep. Nessa ocasião foi organizada a Aliança Evangélica Pró-Quilombolas do Brasil que é uma rede evangélica de relações e cooperação entre agências, igrejas, missionários e outros em prol dos quilombolas do Brasil.

.Estive nessa consulta, na época eu era missionário no nordeste e estava tento contato com comunidades quilombolas no sertão. O que me fez querer me envolver nessa causa missionária em nosso país.

A consulta foi coordenada por Ronaldo Lidório e contou com a participação de 55 pessoas representando 37 diferentes igrejas e organizações missionárias

Após essa consulta começamos a pesquisar e fomentar mais sobre a realidade e as necessidades de evangelização esse esse grupo minoritário. Os pesquisadores da Aliança realizaram uma pesquisa nacional.


A Pesquisa Nacional Segmentos Tradicionais Comunidades Quilombolas é uma pesquisa organizada e coordenada pela Aliança Evangélica Pró-Quilombolas do Brasil em parceria com a Associação de Missões Transculturais do Brasil (AMTB) e o Instituto Antropos, que tem como objetivo mensurar a real necessidade do trabalho missionário evangélico entre as comunidades quilombolas do Brasil visando ações missionárias de evangelização, plantio de igrejas e ministérios de compaixão. (Fonte: https://quilombolas.org.br/)



Hoje um novo tempo nessa caminhada foi iniciado, pois pela primeira vez da história do Censo, a população quilombola poderá ser identificada. A pequisa fará um recorte específico para abordar as características demográficas, sócias e econômicas dessa população.


De acordo com o Artigo 2º do Decreto 4.887/2003, quilombolas são grupos étnicos, segundo critérios de autoatribuição, com trajetória histórica própria, dotados de relações territoriais específicas, com presunção de ancestralidade negra relacionada com a resistência à opressão historicamente sofrida.


Essa população é parte da construção da nação brasileira e tem grande importância para a história, o conhecimento e o futuro do nosso País! Trazem em suas narrativas as marcas da resistência à opressão histórica sofrida e das trajetórias das comunidades em busca do reconhecimento de seus direitos. E com sua organização social, costumes e tradições, contribuem ativamente para o patrimônio cultural brasileiro na atualidade! O retrato do Brasil será mais completo com as informações sobre os quilombolas! (Fonte: Livreto_quilombolas)


Ore por essas comunidade, até que todos os povos O adorem!!!!


Por Roberto Tadeu

Diretor Acadêmico da Agemiw

Especialista em Teologia e Cultura

15 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page